sábado, 23 de outubro de 2010

Capitulo 1

Primeiro encontro.

Primavera, verão, outono e...inverno. Inverno. Natal! Nova York véspera de Natal. A cidade estava coberta pela neve. E vento trazia frio de todas as direções.Na manhã daquele domingo antes de Natal, estava Vanessa uma jovem estilista, se agitava pelas ruas de Nova York, momento de compras. Momento de pressa, e muita gente. Normal. -Tudo tão normal-ela podia pensar isso sem esforço. O frio já ficava mais violento, a neve caia sem cerimônia, embora milhares de pessoas estivessem apressadas com as compras. Com a jovem morena de olhos expressivos, não fora diferente, e o frio já era assustador. Ela estava agasalhada, porém era natal, e nada como comprar mais um par de luvas, ao menos para dar a sua amiga como lembrança de Nova York, quando voltasse para Jacksonville na Florida.  Ela atravessou a rua, para comprar sua luva, entrou na loja, que não era muito sofisticada, porém ali estava a luva que ela precisava e naquelas horas, com certeza seria a última loja onde havia um par de luvas para vender. Com  a aglomeração de pessoas, entrou sem ser notada, porém se algum homem parasse para prestar atenção na mulher que entrava naquele recinto, certamente ficaria maravilhado com a beleza da jovem. Ela andou por alguns setores e enfim encontrou o que queria. Luvas! Com um passo rápido e preciso lá estava ela, colocando a mão em cima na luva...Ou melhor, aquilo que devia ser a luva.

-Minha!-disse ela, ao puxar o único par de luva da loja, que um homem segurava. Ele era alto, branco, olhos azuis, extremamente lindo, beleza sem igual. Diferente de todos aquele que Vanessa havia visto em toda sua vida, ele enfim soube o significado da palavra...Esplêndido.

-Minha!- disse o belo homem puxando a luva.
-Minha!-puxou Vanessa.-Eu a vi primeiro!-pronunciou ela alto e claro.
-Não importa! Eu a peguei primeiro!-disse ele que de certa forma também se encantara com a beleza da morena, com traços delicados, e olhos cheios de feminilidade e doçura, que naquele momento a ira transparecia um olhar selvagem naquele rosto perfeito. Ela parecia irritada, ela queria as luvas, entretanto ele também.
-Eu preciso dela mais que você- rebateu ela, puxando a luva preta, empacotada por um saco plástico transparente.
-Você está toda agasalhada, para que precisa de mais de um par de luvas?-perguntou ele observando ainda mais aquela mulher a sua frente. Os trajes de inverno escondiam suas curvas, porém ainda assim, ele podia notar a beleza escondida embaixo de casacos, botas, toca, cachecóis, suéteres, e camisas protegendo-a do frio, e sem deixar passar um par de luvas encaixados nas mãos dela.


-Ora! Você também está!-disse ela sem pensar muito. Se ela estava agasalhada, ele também. As vestes daquele homem eram muito finas, pensou ela. Com certeza seria algum empresário de nome.
-Eu-ele pensou um pouco, antes de continuar, pois de fato ele também estava preparado para enfrentar o frio-  Bem, eu lhe fiz a pergunta primeiro. Não achas que seria educada responder antes de fazer outra?-disse ele fitando os olhos castanhos escuros daquela mulher que ele nem sabia o nome.
-Tudo bem!-disse ela vencida pelo cansaço. Ela ia informar a verdade. Dizer que comprava as luvas para dar de presente à amiga Ashley, que estava na sua cidade, Jacksonville. Porém, por instinto, ou talvez na defensiva ela lhe disse: - Quero comprar-las para meu namorado.
Namorado? Ela não tinha namorado. Vanessa mentiu, depois de alguns segundos ficou martelando na mente, por que motivos ela não lhe contou a verdade? Que seja, ela já havia dado suas "satisfações".
- Hummm-murmurou ele. Claro! Uma bela moça como aquela não estaria sozinha na véspera de natal, principalmente em Nova York.- Eu levo para minha...-ele fez uma pausa. Noiva ou namorada? Perguntava-se ele ao lembrar de Megan, que lhe espera em Chicago.- À uma amiga! Eu levo à uma amiga, presente de natal.-proferiu ele sem mostrar distorção da verdade naquele olhar penetrante.
Eles se fitaram por segundos. Ele segurava o saquinho no lado direito. E ela no lado direito. Ambos, não queriam soltar, mas ele era um cavalheiro, não iria brigar com uma mulher por causa de uma simples luva.
-Fique!-disse ele por fim. Derrotado? Não, apenas envolvido com a situação.
-Não! Fique você!- A briga pela as luvas, transformava-se em um fica-com-ela-você.
-Não! Faço questão! Leve para seu namorado.-disse ele, empurrando as luvas para ela.
-Não! Leve a sua amiga.
Eles podiam ficar horas, sem nunca chegar em um acordo. Porém a loja fecharia em questão de minutos.
-Tudo bem!-disse Zac. O nome do lindo homem, era Zachary Efron.  Um executivo de Chicago, que passava as férias junto com amigos na empresa,na cidade de Nova York. Ele pegou a luva e saiu para pagar. Ela tomou um taxi, e logo chegava na casa de sua mãe.
O cheiro do peru exalava a casa. A casa estava enfeitada para o Natal. Greg, pai de Vanessa estava sentado assistindo TV. Gina, a mãe da jovem, e Isabel, a tia de Vanessa, estavam na cozinha preparando o resto dos pratos.
-Precisam de ajuda aqui?-perguntou aquela que brigava por luvas horas atrás.
-Oi querida!-disse Gina.- Não! Pode subir, sei que estás cansadas.-completou Gina cortando alguns legumes.
-Não estou mamãe! Deixe que eu corto isso aqui-disse Vanessa tirando o casaco, passando para a pia para lavar as mãos a fim de higienizar-las para começar a cortar os legumes.
-Tudo bem!-disse Gina.
Vanessa logo começou a cortar os legumes. Porém sua concentração se fixava naquele par de olhos azuis...Perfeitos.
-Vanessa, como vai a empresa onde você trabalha?-perguntou Isabel, extremamente curiosa, pois ela tinha muito orgulho da sobrinha e queria saber como as coisas andavam.
Vanessa parecia não ouvir.
-Vanessa?-insistiu Isabel.
-Ãh? Oi tia..Que foi?- falou Vanessa confusa, ela não ouvira nada que a tia lhe falara.
-Seu trabalho como vai?
-Bem! Muito bem! Estamos preparando uma nova coleção e eu estou a frente de toda a produção.-disse Vanessa com entusiasmo.
-Isso é ótimo!-festejou Isabel- De que fala?
Vanessa novamente não ouviu, e por distração acabou ferindo o polegar.
-Ai!-gritou ela.-Droga! Essa faca é muito afiada!-resmungou Vanessa.
Isabel riu, a sua sobrinha não prestara atenção em nada que estava fazendo-Por hoje já está bom mamãe!-disse Vanessa subindo para seu quarto. Atirou-se na cama, ela estava bem quentinha, pensou ela. Oh! Aquele homem não saia de seus pensamentos, ele era tão...Bonito. Porém arrogante, ao menos no inicio da discussão, pensava ela.

Zac voltava para a casa de seu amigo Jared, eles passariam a vespera em uma festa fornecida por alguns amigos de Jared. Uma forma de conhecer pessoas novas. Mas, Zac não estava se importando com novas pessoas. Ele estava com os pensamentos fixados na moça que conhecera. Oras! Por quê Zac? Ele estava comprometido e ela também. E ele nem sabia o nome dela. Mas, as luvas fazia ele se lembrar dela.
-Pelo menos a decoração está bonita-disse Jared, quando este saiu do carro, entrando na festa de seus amigos junto com Zac, por volta das 10:45.
-É!-concordou Zac desanimado.
Seria mais um natal sem graça, com pessoas desconhecidas, pensava ele.
Vanessa sentada no sofá, ao lado da irmã menor, Stella, assistia entediada um DVD de natal, que todos os anos sua família assistia, sempre a mesma coisa. Ela já até decorara as falas. Porém ela gostava desse espírito de natal, do que todos festejavam. O nascimento de Jesus, um momento tão especial para os cristãos. Todavia Vanessa queria se divertir um pouco, ficar com a familia no natal é bom, pensava ela, mas ela precisava de pessoas de sua idade, para ao menos conversar antes de ceiar. A casa ao lado estava bem agitada, pensou ela.
-Vanessa, se quiser para festa ao lado podes ir, eles convidaram toda a vizinhança.-disse Greg ao perceber as olhadas constantes da filha, para a janela.
-Posso?-perguntou ela se certificar.
-Sim!-disse ele.
-Tudo bem! Eu volto logo.
Vanessa em minutos se arrumou, e logo se direcionava para a casa ao lado.
************************************
Espero que tenham gostado. Por hoje é só. Divulguem please.
Bjo comentem

Bjinho.

5 comentários:

Anônimo disse...

Uhuul primeirissima! huhsuahsu Lary sou eu a anonima q comenta no We Still Love Each Other *--* Amo dems tds as suas fics vio floor? Nao podia deixar de veer essa tbm q esta um maximo msm no primeiro capitulo! hauhsua Bj bj posta logoo

Karoline..♥ disse...

PERFEITO!
Amei o inicio!
Super lindo viu..
Aiin posta?
Tá super mega ultra super lindo!
Sou viciada nos seus bloogs!

Bjus!

• Paula & Line* disse...

Lary amei essa nova story.
Tá perfeita.
kkkkkkkkk.o pai da vane nem precisou insistir muito pra ela ir a festa né?kkkkkk
Amei de paixão esse cap e essa nova fic.
Posta logo
bjos amorê
adoro suas fics.

Tainá disse...

Que lindo esse primeiro capitulo, eu amei, essa história promete tenho certeza,
estou muito ansiosa para o próximo capitulo, quem será que vai estar nessa festa? ain se a curiosidade matasse kkk'
posta mais =D
beijos'

Mayara disse...

UHUUL o primeiro cap chegou OEIOAEIOE',aaaah jáa to amando essa história KK',euu ri nesse primeiro cap,na parte que ela e o zac começam a se briga pela luva,sera que a festa que a vany vai é a mesma que o zac foi TOOMARA #toorcendoaki KKK'
já to vendo que essa história vai ser simplismente PEEEEERFETA
MTO anciosa para os proximos cap
POOSTA LOOGO BJJ